VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

Tudo o que você precisa saber sobre CDI

Saiba o que significa CDI

0 29

O Certificado de Dívida Interbancária são empréstimos que as instituições financeiras fazem umas para as outras com o prazo de um dia.

São utilizados para a capitalização bancária, na prática, para que os bancos não quebrem ao longo das operações financeiras. Todas estas transferências são registradas na Cetip, que faz o cálculo da média dos CDI e divulga diariamente a taxa do DI.

Mas estas operações são realizadas apenas entre instituições financeiras, o investidor comum não tem acesso ao CDI, então por que ele é importante mesmo para o mercado de investidores individuais? É porque o CDI serve de referência para os títulos de renda fixa, especialmente fundos DI, tornando-se um indexador de contratos que considera os juros remuneratórios e a inflação.

O CDI pode servir como um parâmetro para títulos que valem ou não à pena. Isto porque ele determina títulos com os quais é possível fazer investimentos de baixo risco com uma rentabilidade razoável. Portanto, títulos de baixo risco, como um CDB pós-fixado, por exemplo, que não renda 100% da taxa DI não são um bom negócio.

Aliás, é através dos títulos pós-fixados atrelados ao CDI que o investidor pode ganhar um bom dinheiro. Confira alguns exemplos:

CDB DI

O CDB é o Certificado de Dívida Bancária, oferecido no varejo para investidores. Para investidores que optam pelo título de renda pós-fixada, é possível conseguir papéis cujo rendimento é de 100% da Taxa DI. Existem produtos com renda maior e menor, mas é preciso avaliar outros fatores, como a liquidez do ativo (alguns títulos não podem ser resgatados antes do prazo) e a duração, que está relacionada à quantidade de impostos que serão cobrados no IRPF pelo rendimento do investimento.

Fundos de investimento DI

Também existem fundos de investimento nos quais o cliente pode aplicar o seu dinheiro no banco. O fundo é investido em diversos papéis com rentabilidade atrelada ao DI, e são bastante líquidos, o que é uma vantagem, visto que o dinheiro pode ser resgatado com facilidade a qualquer momento.

Entretanto, também há um ponto negativo: como são fundos, possuem taxas de administração que, neste caso, são consideravelmente altas, o que limita o rendimento.

DI Futuro

Como você notou, os investimentos ligados ao DI estão relacionados a taxas pós-fixadas. Ou seja, atreladas a um valor que ainda não se sabe, um valor futuro. Entretanto, existem simuladores e especialistas responsáveis por fazer estimativas de quanto deve girar a taxa DI do período em que o investidor precisa.

Lembre-se que o CDI é uma referência de rentabilidade com baixo risco, que se relaciona com a Taxa Selic. Isso ajuda o investidor a aplicar seu dinheiro em títulos públicos com liquidez e boa rentabilidade.

Vale a pena ficar também atento com a relação entre as taxas DI e Selic. Por mais que elas se relacionam, não são iguais. Então vale sempre tomar cuidado na hora de seus investimentos em renda fixa ou dívida pública. Lembrando que, no site da Cetip, é possível verificar a taxa do CDI sempre atualizada.

Quer aprender mais sobre outros tipos de investimentos? Confira nosso artigo LCI e LCA: o que são, rendimento e como investir.

Não esqueça de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado com as novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Quer ficar bem informado sempre?