VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

LCI e LCA: o que são, rendimento e como investir

Confira as vantagens de investir em duas das aplicações mais seguras do mercado

0 160

LCI e LCA: o que são, rendimento e como investir

Como fazer para investir o seu dinheiro? Uma pergunta com tantas possíveis respostas é até difícil de pensar. Mas estamos aqui para ajudar e vamos falar sobre duas aplicações diferentes: a LCI e LCA. Ambos funcionam de maneira muito parecida, então vamos discuti-los em conjunto.

O que são?

A LCI, ou Letra de Crédito Imobiliário, é a compra de Títulos que ajudam a financiar o setor imobiliário. É uma espécie de empréstimo que é feito junto à indústria, que retorna ao investidor em forma de juros. A LCA, Letra de Crédito Agrícola, é bem parecido, com a diferença de o empréstimo ser feito junto ao setor agrícola. O resgate de ambos os investimentos normalmente é feito apenas a partir de um prazo pré-determinado e pode ter dois tipos de rentabilidade, a pré-fixada e a pós-fixada.

Na pré-fixada, o investidor sabe exatamente o tipo de rendimento que vai receber. Já nas pós-fixadas, as coisas ficam mais interessantes. A aplicação recebe um retorno percentual de CDI, o Certificado de Depósito Interbancário. Isso resumidamente são empréstimos muitos curtos que as instituições fazem, com o objetivo de fechar o caixa com um saldo positivo.

Por conta disso, as LCIs e LCAs pós-fixados geralmente têm um rendimento melhor, especialmente em longo prazo, pois os CDIs geralmente se mantém estáveis. Os rendimentos pré-fixados são recomendados apenas no caso de uma queda nos valores dos juros, algo raro e extremamente difícil de prever.

Como fazer?

O processo para investir em LCIs e LCAs é muito simples. Basta escolher um banco que é autorizado a negociar ou comprar os Títulos. A partir daí, é necessário escolher qual deles se aplica a você, além do tipo de rentabilidade.

Vale ressaltar que ambas as formas de investimento possuem a garantia do FGC, Fundo Garantidor de Crédito, para valores de até 250 mil reais (até o limite global de R$1.000.000). Isso garante que caso a instituição tenha problemas há um seguro até este valor.

As vantagens

Agora resta saber se vale a pena investir nesse tipo de aplicação. A principal, e talvez única, desvantagem desse tipo de investimento é a liquidez. Em ambos os casos o título só pode ser resgatado no vencimento, o que significa que requer certo planejamento financeiro.

Contudo, as vantagens são grandes. Além de o investimento ser seguro, ambos os tipos de aplicação, para investidores ou para as pessoas físicas, que não possuem imposto de renda, o retorno é rentável da mesma forma. O valor mínimo para ambos é mais ou menos o mesmo: entre 10.000 e 50.000 em bancos, e 1.000 e 5.000 em corretoras.

Já o rendimento, especialmente em investimentos de até 720 dias, é maior do que outras aplicações mais comuns, como CBDs (Certificado de Depósito Bancário) e fundos de renda fixa, especialmente por conta da isenção do imposto de renda.

Conclusão

Agora que você entendeu como funcionam as LCIs e LCAs, confira nossos E-Books e aprenda sobre outros investimentos de Renda Fixa. Além disso, não deixe de dar uma olhada no nossa Playlist de Renda Fixa no nosso Canal do Youtube.

Não esqueça também, de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado com as novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente.

 

Importante: Esse material é meramente informativo e não representa oferta, análise ou recomendação de Valores Mobiliários.

VC Investidor não comercializa nenhum produto de investimento. Todas as informações aqui divulgadas são a título informativo e educacional e são retiradas do material disponibilizado pelas instituições envolvidas. A VC Investidor não se responsabiliza pela precisão das informações e por quaisquer decisões de investidores. Lembrando que, rendimento passado não é garantia de rendimentos futuros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Quer ficar bem informado sempre?