VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

Saiba como investir em debêntures

Saiba como investir em debêntures e diversificar seus investimentos.

0 85

Saiba como investir em debêntures

Saiba como investir em debêntures e diversificar seus investimentos.

Fonte de financiamento

Quando uma pessoa está necessitando de dinheiro, uma de suas poucas soluções é solicitar ao banco um empréstimo. Mas você sabia que com as empresas pode funcionar diferente?

Além da busca de crédito nas instituições financeiras, as corporações possuem outras maneiras de elevar seu capital, obtendo uma taxa inferior de encargo do que geralmente é cobrado pelos bancos. Uma das alternativas são as debêntures.

Debêntures, o que são?

É um título onde o seu investimento é uma espécie de dívida para uma empresa estipulada que não constitua em uma entidade bancária, financeira ou crédito imobiliário.

Desta forma, o investidor que compra esses títulos torna-se credor da corporação e recebe juro como contrapartida. O maior benefício que o investidor possui em colocar seu dinheiro em uma debênture é que ela costumar trazer maiores rendimentos do que outros investimentos.

Os títulos se dividem em dois tipos. São eles:

Debêntures Conversíveis em Ações

São títulos que podem ser convertidos em ações da companhia emissora. Seja no fim da data ou durante o prazo determinado.

Debêntures Simples

Mais comuns, são Títulos que não são conversíveis em ações.

Por serem diretamente emitidos com a corporação, estes títulos contam com uma flexibilidade maior do que as Letras de Crédito Imobiliário ou Letras de Crédito do Agronegócio, por exemplo. O caráter do título é determinado na sua emissão, podendo ser renegociadas entre a companhia e o debenturista, se necessário.

Como é o seu rendimento?

As debêntures podem ser prefixadas, pós-fixadas e híbridas.

Prefixada

O rendimento do título é negociado no ato do lançamento. Seu lucro será uma alíquota de juros acertada antecipadamente, onde é possível saber a rentabilidade a receber no fim do período ou até mesmo no momento da aquisição.

Pós-fixada

Aqui, o rendimento está vinculado a um indicador. Sendo assim, não há a possibilidade de saber antecipadamente como o indicador prosperará no negócio, tendo conhecimento do lucro somente na sua validade ou liberação do título.

Híbrida

Junção das categorias prefixada e pós-fixada. Aqui, o investidor recebe uma cota de lucro combinada, adicionada de uma alíquota de um indicador. Aqui, o rendimento também conta com uma variação, onde só é possível saber a quantia a ser recebida no fim do período estabelecido para o investimento.

O tempo de investimento das debêntures

As debêntures são investimentos que variam de médio a longo prazo. Geralmente, são definidos em no mínimo dois anos, podendo se estender por até dez anos.

Por esta razão, é primordial ficar alerta e elaborar muito bem a programação da sua aquisição, seguindo as suas metas, limite disponível e os recursos no qual serão investidos, para não haver riscos de o dinheiro ficar confinado e com isso você ser penalizado ao negociar seu título.

Qual o risco de investimento?

O principal do risco em investir na debênture está no “risco de crédito”. Em outras palavras, é a companhia não liquidar o correspondente pelo investimento. Além disso, se ela vir a quebrar, o investidor não recupera o seu dinheiro.

Sendo assim, é fundamental ter cuidado ao optar pelo título, para reduzir os riscos de golpes. A recomendação é consultar especialistas, principalmente pelo fato de que esta modalidade de aquisição não conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito.

Também é válido ter cuidado com o período do investimento, pois existe a possibilidade de você necessitar do dinheiro antecipadamente. Caso isso aconteça, será necessário fazer a venda do título, o que vai impactar no seu rendimento.

Além disso, outros riscos podem afetar o seu rendimento, como os riscos de taxas de juros, financeiro da organização e cambial.

Possibilidade de não pagar Imposto de Renda

Existe ainda a possibilidade de investirmos e uma debênture que não cobra Imposto de Renda. Essa debênture é conhecida como debênture incentivada. A principal distinção é que por, lei, as debêntures incentivadas preveem vantagens fiscais a investidores (pessoa física). Esse tipo de emissão é feita por empresas que atuam no ramo de infraestrutura, como a de construção de estradas, ferrovias e/ou aeroportos.

Continue aprendendo

Não esqueça de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado com as novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente. Baixe GRÁTIS nossos E-Books Exclusivos,e conheça o nosso Canal no Youtube.

Conheça também o nosso Programa VC Investimentos e confira os principais relatórios e informações a respeito de Renda Fixa, Tesouro Direto, Fundos de Investimentos (Renda Fixa, Multimercados, Ações), Fundos Imobiliários, COEs, Investimentos no Exterior, Previdência Privada, Seguros, Ações (com foco no longo prazo) e montagem de carteira. Para saber mais, clique aqui.

Sobre a autora

Com mais de 10 anos experiência no mercado financeiro, Patricia Pereira Cezar é sócia e assessora de investimentos da Zahl Investimentos e articulista da VC Investidor.

Quer ter a melhor assessoria para os seus investimentos? Fale com a gente e tire suas dúvidas: Contatos Zahl

 

Importante: Esse material é meramente informativo e não representa oferta, análise ou recomendação de Valores Mobiliários.

VC Investidor não comercializa nenhum produto de investimento. Todas as informações aqui divulgadas são a título informativo e educacional. A VC Investidor não se responsabiliza pela precisão das informações e por quaisquer decisões de investidores. Lembrando que, rendimento passado não é garantia de rendimentos futuros. Bons investimentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Quer ficar bem informado sempre?