VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

Taxa Selic e Investimentos de Renda Fixa

Entenda como a Taxa Selic influencia seus investimentos

0 92

Taxa Selic e Investimentos de Renda Fixa

O tema que abordaremos hoje será a relação entre a Taxa Selic e investimentos de Renda Fixa

Certamente você já ouviu falar muitas vezes a respeito das alterações nesta taxa e as perspectivas para o futuro. Mas você sabe o que realmente é a Taxa Selic? Conhece os impactos que a sua variação pode ocasionar nos seus investimentos em Renda Fixa? Não se preocupe se você não entende bem estes conceitos, pois, elaboramos este artigo para que você entenda este tema de forma fácil e ágil.

O que é a Taxa Selic?

Na verdade, Selic é uma sigla para “Sistema Especial de Liquidação e Custódia”. Em outras palavras e de forma simples, é a taxa que direciona a maioria das operações financeiras em nosso país e, por isso, é mais conhecida como “taxa básica da economia”.

A Taxa Selic tem suas diretrizes estabelecidas pelo COPOM (Comitê de Política Monetária). Dessa forma, quando você ouve que o COPOM irá se reunir para deliberar sobre a Taxa Selic, isto quer dizer que o Comitê irá tratar a respeito se a Taxa Selic irá subir, descer ou manter-se no seu atual nível.

Qual a relação entre a Taxa Selic e os investimentos em Renda Fixa?

Como você viu no item anterior, a Taxa Selic é a taxa básica da economia brasileira, logo, os investimentos em Renda Fixa, incluindo a poupança, são diretamente afetados por ela em suas variações ao longo do tempo. A poupança, por exemplo, tem suas regras de remuneração diretamente ligada à Taxa Selic, onde é fixada da seguinte forma:

  • Taxa Selic maior que 8,5% a.a. = poupança rende 0,5% a.m. + TR
  • Taxa Selic menor que 8,5% a.a. = poupança rende 70% da Taxa Selic + TR

Taxa Selic e CDI

A Taxa Selic direciona também o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), que é uma taxa que serve de base para muitos investimentos em Renda Fixa, como:

  • CDB (Certificado de Depósito Bancário)
  • LCI (Letra de Crédito Imobiliária)
  • LCA (Letra de Crédito do Agronegócio)
  • LC (Letra de Câmbio)
  • CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários)
  • CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio)
  • Debêntures

O CDI sempre tem valor próximo ou igual à Taxa Selic, logo, se a Selic sobe, os investimentos indexados pelo CDI também renderão mais. Porém, se a Taxa Selic cair, os investimentos indexados pelo CDI renderão menos. Deste modo, percebemos que a oscilação da Selic afeta diretamente muitos investimentos em Renda Fixa.

Taxa Selic e Tesouro Direto

Quanto ao Tesouro Direto, este tem seus rendimentos indexados por 2 índices: a própria Taxa Selic e o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que é o índice que mede a inflação brasileira. Logo, este investimento é afetado em totalidade pelas oscilações da Taxa Selic, pois, no caso do Tesouro Direto – Selic se a taxa subir, certamente os seus rendimentos também serão maiores, porém, se ocorrer o contrário e a Taxa Selic baixar, este investimento também renderá menos e perderá a atratividade por parte dos seus investidores.

No caso do Tesouro Direto – IPCA a intervenção das variações da Taxa Selic ocorrem de forma indireta, dado que, estas variações poderão afetar diretamente o IPCA, que por sua vez, irão alterar os rendimentos do Tesouro Direto atrelado a inflação.

Conclusão

Como você pode perceber, as alterações da Taxa Selic têm efeito imediato em seus investimentos em Renda Fixa. Esses efeitos podem vir de forma direta ou indireta. Independentemente do tipo de investimento, a Renda Fixa é correlacionada à Taxa Selic, logo, seus rendimentos são sensíveis às variações desta taxa.

Continue aprendendo

Não esqueça de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado com as novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente. Baixe GRÁTIS nossos E-Books Exclusivos,e conheça o nosso Canal no Youtube.

Conheça também o nosso Programa VC Investimentos e confira os principais relatórios e informações a respeito de Renda Fixa, Tesouro Direto, Fundos de Investimentos (Renda Fixa, Multimercados, Ações), Fundos Imobiliários, COEs, Investimentos no Exterior, Previdência Privada, Seguros, Ações (com foco no longo prazo) e montagem de carteira. Para saber mais, clique aqui.

Sobre a autora

Com mais de 10 anos experiência no mercado financeiro, Patricia Pereira Cezar é sócia e assessora de investimentos da Zahl Investimentos e articulista da VC Investidor.

Fale com a gente e tire suas dúvidas: Contatos Zahl

 

Importante: Esse material é meramente informativo e não representa oferta, análise ou recomendação de Valores Mobiliários.

VC Investidor não comercializa nenhum produto de investimento. Todas as informações aqui divulgadas são a título informativo e educacional. A VC Investidor não se responsabiliza pela precisão das informações e por quaisquer decisões de investidores. Lembrando que, rendimento passado não é garantia de rendimentos futuros. Bons investimentos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Quer ficar bem informado sempre?