VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

Como investir sem pagar Imposto de Renda ?

Conheça formas de fazer seus investimentos sem pagar IR

0 78

Como investir sem pagar Imposto de Renda ?

Há muitas formas de se investir. Algumas pessoas acreditam que é melhor ter segurança e lucrar menos. Para essas, a poupança serve bem. Ainda mais por que ela é isenta de Imposto de Renda. Mas o que a grande maioria das pessoas não sabem, é que é existem outras formas de investir sem pagar Imposto de Renda.

Nesse artigo listamos alguns exemplos de como se investir em pagar IR:

Ações

Há duas maneiras de investir em ações e não pagar imposto. Na primeira, você estará isento se vender menos de 20 mil reais por mês. O ganho de capital não precisa ser pago devido a essa meta. Outra maneira é comprar ações de boas pagadoras de dividendos e, sem vendê-las receber os proventos que já são livres de Imposto de Renda.

Letras de crédito

As LCIs são Letras de Créditos Imobiliários e as LCAs são as Letras de Crédito do Agronegócio. O funcionamento de ambas é simples: você empresta dinheiro para instituições que atuam nessas áreas. Em troca você recebe juros, que são isento de Imposto de Renda.

Fundos Imobiliários

Da mesma forma que no investimento em ações, quando você compra cotas de Fundos Imobiliários e não vende as mesmas, você poderá receber proventos (alugueis), livres de Imposto de Renda.

Certificados de Recebíveis

Também conhecido como CRIs e CRAs, você investe para receber uma taxa de juros de volta. Se compra Certificado de Recebíveis Imobiliários, você estará dedicando seus dividendos no setor imobiliário. E se investir em Certificado de Recebíveis do Agronegócio estará investindo no setor agropecuário.

Os CRs são isentos de imposto de renda porque são títulos incentivados. As securitizadoras de crédito emitem os certificados de recebíveis. O governo isenta todos os investidores de impostos porque precisa de investimentos nos setores imobiliários e agropecuário.

Debêntures Incentivadas

As Debêntures também funcionam como uma espécie de empréstimo, mas não para instituições de crédito imobiliário ou financeiro. Você passa a ser credor de uma empresa específica, e os juros podem ser fixos ou variáveis. Existem de dois tipos, as conversíveis e as simples.

As primeiras podem ser transformadas em ações de uma determinada empresa que as emite. Já as segundas, as simples, não podem ser convertidos em ações. Por serem emitidos pela própria empresa, são mais flexíveis dos que os LCA e LCI. Além disso, também é possível investir em Fundos de Debêntures Incentivadas. Em todas essas aplicações, os rendimentos podem ser isentos de Imposto de Renda.

 

Continue aprendendo

Como você pode ver, existem diversas formas de investir sem pagar Imposto de Renda. Contudo, é possível ponderar que nem sempre um investimento que é isento de IR vai render mais do que um investimentos que tenha incidência do imposto. Por isso, estude antes de investir e tenha uma assessoria ou consultoria de usa confiança.

Não esqueça de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado com as novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente. Baixe GRÁTIS nossos E-Books Exclusivos,incluindo o E-Book Como Investir em Ações, Fundos de Investimentos e Renda Fixa  . Conheça também o nosso Canal no Youtube.

 

Sobre o autor

Com 15 anos de experiência no mercado financeiro, Tiago Prux é Diretor de Relacionamento com Cliente da Capitalizo Consultoria Financeira e articulista da VC Investidor.

Fale comigo e tire suas dúvidas: [email protected] , WhatsAPP (51)99249-0613 ou 4003-9127 (para todo Brasil)

 

Importante: Esse material é meramente informativo e não representa oferta, análise ou recomendação de Valores Mobiliários.

VC Investidor não comercializa nenhum produto de investimento. Todas as informações aqui divulgadas são a título informativo e educacional e são retiradas do material disponibilizado pelas instituições envolvidas. A VC Investidor não se responsabiliza pela precisão das informações e por quaisquer decisões de investidores. Lembrando que, rendimento passado não é garantia de rendimentos futuros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Quer ficar bem informado sempre?