VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

6 fatos curiosos sobre o Dólar

Confira fatos curiosos da principal moeda do planeta

0 97

6 fatos curiosos sobre o Dólar

A moeda da maior economia do mundo, o Dólar, passou a ganhar a força que possui hoje desde os Acordos de Bretton Woods, em 1944. Embora já tivesse influência antes, o Dólar passou a se relacionar diretamente com as moedas de outros 45 dos mais ricos países do mundo. Além claro, de hoje ser uma forte reserva de valor, assim como o ouro. A moeda que serve como balança monetária para todo o planeta tem uma rica história e algumas curiosidades que você vai gostar de saber. Por isso, conheça 6 fatos curiosos sobre o dólar dos Estados Unidos.

1 – Quase 700 milhões de Dólares são impressos diariamente

O Bureau of Engraving and Printing, equivalente à Casa da Moeda, é responsável pela produção de aproximadamente 37 milhões de cédulas todos os dias. Considerando os diferentes valores de cada papel, são impressos cerca de 700 milhões de dólares diariamente.

É muito dinheiro, não é mesmo? Entretanto, apenas 5% deste montante é dinheiro injetado no mercado. Isso varia conforme a demanda da política monetária. As outras quase 95% das cédulas são destinadas apenas à reposição de notas descartados pela instituição.

2 – Os Estados Unidos já tiveram centavos de papel

Os Estados Unidos possuem uma economia gigantesca e quase irretocável, mas nem sempre foi assim. Nos tempos da Guerra Civil Americana (1861-1865), o Bureau of Engraving and Printing teve que fabricar cédulas de 5, 10 ou 25. Além das impensáveis notas de 50 cents.

O motivo é simples: pessoas juntavam moedas para derretê-las e usar sua matéria prima (níquel, cobre, prata e etc). Deixando assim, a economia do país quase sem moedas de metal.

3 – A moeda americana é feita com uma mistura de papéis e tecido

O dinheiro de papel americano tem mais matéria prima em sua composição. É adicionada à mistura um composto formado por algodão e linho, dando mais resistência e durabilidade ao dinheiro.

4 – Os Estados Unidos já tiveram cédulas de 100 mil Dólares

Quem é um pouco mais experiente deve se lembrar das notas de 50 mil e 100 mil cruzeiros que já circularam em nosso país. Os Estados Unidos também tiveram cédulas enormes em valor! Entretanto, enquanto no Brasil a moeda de “alto valor” foi provocada pela inflação, nos EUA as super cédulas serviam para ser trocadas pelo equivalente em ouro. Desde 1969, a nota de maior valor a circular na economia americana é a de 100 dólares.

5 – Uma nota de dólar pode durar de um a nove anos

As cédulas do Dólar podem ter uma durabilidade de até 9 anos em circulação no mercado. De acordo com o Federal Reserve, o Banco Central Americano, notas de 1 dólar duram um ano e meio, com vida útil crescente até 9 anos, que é a longevidade média de uma cédula de 100 dólares. A matéria prima é a mesma, mas como notas de USD 1 circulam muito mais, possuem um desgaste bem maior.

6 – O Brasil já teve um “mercado clandestino” de Dólares

Esta é uma curiosidade que diz mais respeito à nossa economia do que ao Dólar propriamente dito. Nos tempos de inflação altíssima antes do Plano Real, muitos brasileiros começaram a negociar Dólares de forma clandestina para os mais variados fins, até mesmo para compras no supermercado. O mais curioso é: o mercado clandestino era tão comum que a cotação informal era informada no Jornal Nacional!

Hoje em dia, o dólar só pode ser vendido em casas de câmbio e negociado por dealers autorizados pelo Banco Central.

 

Não esqueça de cadastrar seu e-mail para ficar atualizado das novidades do mercado financeiro. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente. Confira também nossos E-Books Exclusivos, incluindo nosso E-Book ”Como investir no Exterior” e nosso Canal no Youtube.

Sobre a autor

Com mais de 10 anos experiência no mercado financeiro, Flávio de Oliveira é sócio e assessor de investimentos da Zahl Investimentos e articulista da VC Investidor.

 

Importante: Esse material é meramente informativo e não representa oferta, análise ou recomendação de Valores Mobiliários.

VC Investidor não comercializa nenhum produto de investimento. Todas as informações aqui divulgadas são a título informativo e educacional e são retiradas do material disponibilizado pelas instituições envolvidas. A VC Investidor não se responsabiliza pela precisão das informações e por quaisquer decisões de investidores. Lembrando que, rendimento passado não é garantia de rendimentos futuros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Quer ficar bem informado sempre?