VC INVESTIDOR
Invista bem seu dinheiro

O que é o Índice Bovespa?

Entenda como funciona o principal índice da Bolsa Brasileira

0 304

Conheça o Ibovespa, o Índice de referência da Bolsa no Brasil

Um Índice visa medir o desempenho de um conjunto de ativos, de forma simplificada. Um dos Índices mais famosos utilizados é o Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo ou IPCA, que é feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA reflete o custo de vida para famílias com renda mensal de 1 a 40 salários-mínimos e é a coleta feita considerando diferentes grupos de produtos e serviços: alimentação e bebidas; artigos de residência; comunicação; despesas pessoais; educação; habitação; saúde e cuidados pessoais; transportes e vestuário. Ao todo são consideradas variações de mais de 460 itens, em diferentes regiões do Brasil. Ou seja, através do IPCA temos, de forma simplificada, uma “média” da variação dos preços. Imagine se tivéssemos que citar cada um dos 460 itens, em diferentes regiões, para ver se os preços estão subindo ou não? Seria bem mais complicado, não é verdade?

Assim como o IPCA, temos diversos outros Índices que medem diferentes altas nos preços, com diferentes métricas, como o IGP (Índice Geral de Preços), IPA (Índice de Preços por Atacado), IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado), entre outros.

O Índice Bovespa ou Ibovespa ou ainda Ibov, busca justamente simplificar a leitura de uma “média do mercado”, sem precisarmos, necessariamente, olhar todas as cotações de ações negociadas na Bolsa de Valores brasileira.

No nosso do Ibovespa, ele mede o resultado teórico médio das ações que mais movimentam o pregão da Bolsa. Ou seja, para fazer parte do Ibovespa ou ter representatividade é preciso que a ação tenha um número razoavelmente grande de negócios. Dessa forma, o Ibov tem como objetivo de ser o indicador do desempenho médio das cotações dos ativos de maior negociabilidade e representatividade do mercado de ações brasileiro.

O interessante é que o Ibovespa não é fixo, ou seja, caso uma ação deixe de ter representatividade, ela pode ceder o lugar para outra com maior representatividade. Além disso, o tamanho dessa representatividade pode variar e o Índice é revisado periodicamente.

Para acompanhar a composição do Ibovespa, acesse a página da B3, clicando aqui.

Lembrando que, além do Ibovespa, temos uma série de outros índices, que medem diferentes desempenhos, com diferentes metodologias. Abaixo, seguem alguns deles (clique no link para acompanhar direto do site da B3):

– Índices amplos (como o IBRX100 e 50)

http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/indices/indices-amplos/

– Índices de governança (como o ITAG)

http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/indices/indices-de-governanca/

– Índices de segmento (como o IDIV)

http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/indices/indices-de-segmento/

– Índices setoriais (como o IMOB)

http://www.bmfbovespa.com.br/pt_br/produtos/indices/indices-setoriais/

 

Conclusão

Agora que você sabe como funciona o Ibovespa e os principais Índices da Bolsa Brasileira, já pode acompanhar o desempenho médio dos mais diferentes setores/segmentos da B3. Se ficou com alguma dúvida, fale com a gente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Quer ficar bem informado sempre?